banner betao

Vereador Betão traz senador haitiano a Juiz de Fora e abre as discussões sobre a retirada das tropas militares daquele país

Share on Twitter

Vereador Betão e o senador Jean Charles Moise (ao centro) durante entrevista coletiva

Na última segunda feira (dia 15), o vereador Betão trouxe a Juiz de Fora o senador haitiano Jean Charles Moise. A visita do parlamentar caribenho deve-se ao fato de o mesmo estar em viagem por vários países (já visitou os EUA, Cuba, Canadá e agora, o Brasil), com o objetivo de sensibilizar estas nações para a situação que hoje vive o Haiti, ocupado por tropas militares, vindas de várias partes do mundo. Além disso, Juiz de Fora é a cidade brasileira que enviou o maior número de soldados para participarem da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (MINUSTAH) e, assim, é natural que a discussão pela retirada das tropas seja também realizada aqui.

Durante a entrevista coletiva, realizada na Câmara Municipal, concedida a vários veículos de comunicação da cidade (veja link’s para as matérias publicadas pela imprensa local ao final deste texto), o senador destacou que um dos principais objetivos de sua viagem é pedir ao povo brasileiro que ajude o povo haitiano na luta pela retirada das tropas do Haiti. Segundo Moise, “as tropas não ajudam em nada! Não ajudam na segurança, na educação, em nada mesmo”. Presente à coletiva, o vereador Betão ressaltou um fato que salta que aos olhos: “não há justificativas para a permanência das tropas no Haiti, uma vez que o país não se encontra em guerra civil”. A este aspecto, o senador é enfático, ao descartar qualquer possibilidade de guerra civil. Betão também destacou que apoiar a luta do povo haitiano pela sua soberania é de grande importância para a consolidação da democracia nos países da América Latina e Caribe.

A expectativa de Jean Charles Moise em relação à retirada das tropas militares de seu país é grande, mas ele também defende que é preciso união em torno desta causa. O senador diz que espera que a ONU substitua os gastos com a manutenção dos tanques com gastos investidos na reorganização do país. Outro objetivo da viagem do parlamentar é preparar a Conferência Continental de 1º de Junho, a ser realizada em seu país. Esta Conferência será um evento importante na luta pela retirada das tropas, uma vez que representantes dos movimentos sindicais e populares de diversos países da América Latina e Caribe estarão presentes, apoiando a retirada das tropas, juntamente com o povo haitiano. Veja abaixo algumas das principais declarações do senador durante a entrevista coletiva:

- o povo haitiano precisa de estabilidade política para poder reconstruir o país e assumir a direção dos destinos de seu próprio país;

- o país precisa de investimentos na educação, na saúde, na agricultura, o que facilitaria a criação de empregos, ajudaria na economia e no enfrentamento do problema da pobreza;

- as pessoas querem a retirada das tropas;

- o país está nas mãos de americanos e canadenses;

- a miséria do povo haitiano começou quando nos libertamos da França. Tivemos que restituir o dinheiro pelo prejuízo causado pela independência do país;

 

links dos veiculos da imprensa local que estiveram presentes à entrevista coletiva:

- www.tribunademinas.com.br

- www.megaminas.com

- www.diarioregionaljf.com.br

- www.alterosa.com.br/juiz-de-fora

ico_twitter ico_facebook ico_youtube ico_email
  • Vídeos
  • Fotos
  • Arquivos

Calendário

Acompanhe os eventos e militâncias do Partido dos Trabalhadores (PT) e do Betão.

Nenhum evento agendado no momento

Newsletter

Assine nossa newsletter e receba nossos bonetins informativos e novidades da campanha 2012.

Atuação Parlamentar

LAYOUT VINICIUS PEIXOTO      DESENVOLVIMENTO SAULO PADILHA